quarta-feira, 6 de maio de 2009

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá


Técnica: caneta e aquarela.
.
"Voou rente sobre o Gato Malhado, tocou-o de leve com a asa esquerda, ele podia ouvir os latidos do pequeno coração da Andorinha Sinhá. Ela ganhou altura, de londe ainda o olhou [...]"

Trecho de "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá" de Jorge Amado.
Lindo livro! Dá vontade de ilustrar cada trecho, cada frase, cada pausa...
Ahh, Gabriel, seu livro tá inteirinho, viu? Só risquei a última página. hahahaha.
.
P.S.: desculpem-me o papel amarelado, ok? Mas até que deu um efeito bom.

Postar um comentário